← Voltar

Confira


Facebook Twitter Imprimir

Compartilhar no Telegram

A Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) manifesta-se contrária a qualquer medida que vise restringir, constranger ou limitar a independência do juiz em decidir. A liberdade de julgar é o principal pilar da Justiça e do Estado Democrático de Direito.

Sendo assim, a Asmego manifesta irrestrito apoio ao juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga, que, a exemplo de qualquer magistrado brasileiro, tem o direito e a liberdade de julgar conforme a lei e a sua consciência, como assegura a Constituição.

A Asmego avalia como infundada a decisão da administração do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) de revogar, sem prévio diálogo, o auxílio do magistrado Levine. Tal ação fere e afronta as garantias da magistratura, algo nunca visto antes em tempos democráticos.

A magistratura goiana jamais irá se ajoelhar diante de ingerências de qualquer natureza na garantia constitucional do Juiz em julgar conforme a lei e sua consciência.

O povo goiano merece uma Magistratura independente e justa.

Diretoria da Asmego