03/04/2019

Nota de apoio ao juiz Jesseir Coelho de Alcântara e às atividades judiciais

Asmego endossa as declarações do magistrado de que os fóruns de Goiânia não possuem estrutura adequada para sediar sessões de casos de enorme repercussão

Nota de apoio ao juiz Jesseir Coelho de Alcntara e s atividades judiciais

Nota de apoio ao juiz Jesseir Coelho de Alcântara e às atividades judiciais

A Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) endossa as declarações do magistrado Jesseir Coelho de Alcântara de que os fóruns de Goiânia não possuem estrutura adequada para sediar sessões de casos de enorme repercussão,  como o julgamento dos cinco acusados pelo assassinato do radialista Valério Luiz de Oliveira, ocorrido em 2012.

A Associação reitera que o local onde hoje são realizadas as sessões não goza de estrutura física e organizacional suficientes para abrigar todos os envolvidos em um julgamento que poderá perdurar por mais de dias.

Faz-se necessária, pois, a existência de maior aparato de segurança, como porta detectora de metais e sala reservada para réus e policiais, a fim de garantir a integridade dos julgadores, réus, advogados e membros da sociedade civil.

A Asmego ecoa a decisão do juiz em suspender o julgamento “sine die”, até que sejam atendidas as reivindicações e, sobretudo, garantida a segurança de todos os agentes envolvidos.

Diretoria da Asmego

Conheça e faça aqui o seu evento - Auditório e Salão de Festas

ÚLTIMOS CONVÊNIOS

VÍDEOS

Acesse aqui vídeos da Asmego

Acesse agora

ASSEMBLEIA VIRTUAL

Sistema Eletrônico de Assembleia Virtual

Acesse agora