21/08/2019

Asmego participa de Ato Público contra lei do abuso de autoridade

Concentração em Brasília reuniu aproximadamente 500 pessoas para pedir veto ao projeto que cerceia a atuação dos magistrados brasileiros

Asmego participa de Ato Pblico contra lei do abuso de autoridade

A Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) participou, nesta terça-feira, 20, em Brasília, de mobilização de diversas instituições contra o Projeto de Lei 7596/2017, sobre o abuso de autoridade, e foi a grande articuladora de Goiás pelo pedido de veto junto ao presidente Jair Bolsonaro. A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) solicitou, após reunião com representantes das associações regionais, que 13 dos 45 artigos do projeto aprovado pela Câmara dos Deputados sejam vetados.

Uma comitiva de mais de 60 magistrados goianos esteve no Ato Público, que reuniu milhares de manifestantes na porta do Palácio do Planalto para chamar a atenção do governo federal para os riscos que as instituições e a sociedade correm caso a lei de abuso de autoridade seja sancionada.

“Fizemos esse movimento para solicitar ao presidente Jair Bolsonaro para que vete, se não o projeto de lei, que vete o maior número de artigos. Essa lei não combate a criminalidade. Pelo contrário, incentiva. Pois traz, em seus artigos abertos, uma atemorização às instituições que trabalham contra o crime organizado, contra as quadrilhas e, inclusive, contra os crimes de corrupção”, disse, em entrevista à imprensa, no ato em Brasília, o presidente da Asmego, o juiz Wilton Müller Salomão.

As articulações da magistratura goiana se iniciaram na segunda-feira, 19, com reuniões, pela manhã com representantes da Associação Goiana do Ministério Público (AGMP); Tribunal de Contas dos Municípios (TCM); Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (Apeg); Associação dos Oficiais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (Assof) e Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol); e, à tarde, em Brasília, com o líder do governo na Câmara dos Deputados, major Vitor Hugo, para tratar do projeto e pedir interlocução com o Planalto para que seja feito o veto.

Na terça-feira, 20, o presidente Wilton Müller Salomão e o vice Levine Raja Gabaglia Artiaga participaram ainda de  Audiência Pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, para falar sobre a reforma da previdência, e visitaram senadores. 

Fotos de Luciana Lombardi. Confira mais fotos no Facebook da Asmego.











 

Conheça e faça aqui o seu evento - Auditório e Salão de Festas

ÚLTIMOS CONVÊNIOS

VÍDEOS

Acesse aqui vídeos da Asmego

Acesse agora

ASSEMBLEIA VIRTUAL

Sistema Eletrônico de Assembleia Virtual

Acesse agora