27/08/2020

Judiciário tem números históricos

A produtividade é a maior em 11 anos, segundo dados do CNJ

Judicirio tem nmeros histricos

Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Justica (CNJ), na última terça-feira, registram que o judiciário teve uma produtividade histórica no ano passado, a maior dos últimos 11 anos . Cada juiz, baixou em média 2.107 casos em 2019, o que significa 8,4 casos por dia últil, um aumento no rendimento de 13% em relação ao ano anterior.

A presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), Patrícia Carrijo, destaca ainda, a relevância do poder judiciário goiano para que esses números fossem concretizados. "A magistratura goiana tem se destacado nacionalmente em produção durante a pandemia e, em anos anteriores, já vinha realizando um trabalho de excelência, fator que reflete e que facilitou para as adaptações no atual contexto", disse.

Durante a pandemia, muitos setores privados e públicos tiveram suas atividades paralisadas ou sofreram adaptações no modo de trabalho como foi o caso do poder judiciário. A Justiça Brasileira vem se destacando no atual contexto, ao disponibilizar ferramentas tecnológicas aos magistrados e dar continuidade aos trabalhos em tempos de crise. Com isso, gera-se celeridade nos processos e desafogam as demandas paralisadas até então pela pandemia de COVID-19.

"A produtividade em Goiás tem sido destaque entre os tribunais de mesmo porte, alcançando mais de um milhão e duzentos mil atos proferidos durante o período de trabalho remoto, o que reforça nossa dedicação e comprometimento com a entrega da prestação jurisdicional, mesmo com um déficit em nosso colégio de magistrados", aponta.

Conheça e faça aqui o seu evento - Auditório e Salão de Festas

Galeria de Fotos

Acesse aqui alguns eventos da Asmego

Acesse agora

ASSEMBLEIA VIRTUAL

Sistema Eletrônico de Assembleia Virtual

Acesse agora